"NOSSA VISÃO: CONHECER A CRISTO CRUCIIFICADO E TORNÁ-LO CONHECIDO, EM TODO LUGAR, POR MEIO DA GRAÇA."

terça-feira, 24 de abril de 2018

OS VENTOS CONTRÁRIOS


Entretanto, o barco já estava longe, a muitos estádios da terra, açoitado pelas ondas; porque o vento era contrário. Mateus 14:24.
Se realmente estivermos no caminho para a glória, teremos problemas e dificuldades. O contexto de nosso versículo foi a multiplicação de pães. A falta do alimento resultou numa experiência mui agradável. Os discípulos estavam desfrutando o suprimento do Senhor e estavam felizes. Se estivéssemos lá, certamente estaríamos radiantes. Creio que Pedro falou muito sobre o que o Senhor tinha feito. Ele devia estar dizendo: “João, não é maravilhoso? Olhe o que o Senhor fez com cinco pães e dois peixes!” Muitas vezes, imediatamente após um desfrute deleitável do Senhor, Ele repentinamente nos diz para ir ao mar. E então Ele nos deixa. Esse é um retrato da situação de hoje. O Senhor vai ao monte, aos céus. Contudo, Ele encarrega Sua igreja de ir adiante, ao mar, onde sempre há ventos e tempestades contrários. João 16:33. Estas coisas vos tenho dito para que tenhais paz em mim. No mundo, passais por aflições; mas tende bom ânimo; eu venci o mundo.
Certamente o Senhor tomou conhecimento de que o barco era açoitado por uma tempestade. Quando compeliu os discípulos a tomar o barco e ir adiante Dele, Ele previu que vinha uma tempestade; contudo, não foi com eles. Antes, foi ao monte para orar. Hoje, o Senhor Jesus está num monte, isto é, nos céus e a igreja está no mar. O barco-igreja tem sido constantemente açoitado. No entanto, esse é nosso destino. O fato de que o Senhor está nos céus orando por nós é para nós
uma fonte de consolo e encorajamento. Não nos preocupamos com a força dos ventos contrários, pois sabemos que o Senhor está no monte orando por nós. A tempestade não está sob o controle da oposição; ela está sob os pés do Senhor. Quem é este que até o vento e o mar lhe obedecem? Marcos 4:41b.
Não tema os ventos contrários. Não há necessidade de ficar perturbado por eles.  Porque nosso destino está nas mãos do Senhor, não há razão para que tenhamos medo de coisa alguma. Os ventos contrários e a oposição estão sob o controle de nosso bendito Senhor. O Senhor está num alto monte, orando e intercedendo por nós. Ele sabe quão forte o vento é. Mas Ele ri do vento e parece dizer: “Pequeno vento, você nada significa para Mim. Que está tentando fazer? Você nada pode fazer com Minha Igreja. Esses no barco são Meus
seguidores. Na verdade, eles são Eu. Apesar de Eu estar aqui nos céus, também estou com eles e neles”. E eis que estou convosco todos os dias até à consumação do século. Mateus 28:20b.
Os ventos e as ondas estão todos cooperando para o nosso bem. Você não crê que a oposição esteja trabalhando para o seu bem? Certamente está. Todos precisamos ver que Cristo está em nós. Para desfrutá-Lo, precisamos saber que Ele habita em nós. Breve Ele pode estar a caminho para vir ao nosso encontro. Aleluia! Ele tanto está dentro de nós como nos céus intercedendo por nós! Quem os condenará? É Cristo Jesus quem morreu ou, antes, quem ressuscitou, o qual está à direita de Deus e também intercede por nós. Romanos 8:34.
Se virmos isso, não seremos afligidos, atribulados ou aborrecidos por qualquer tempestade, pois teremos a certeza de que o barco é Seu barco, de que a igreja é Sua igreja. O mar não pode danificar o barco que se encontra o Rei dos reis. Pelo contrário, o mar está a serviço do barco. O vento e as ondas ensinaram a Pedro uma grande lição. Ele ficou muito ansioso por causa das fortes ondas e dos ventos contrários, mas Pedro aprendeu a descansar Naquele que é o verdadeiro descanso, o nosso Senhor. Lançando sobre ele toda a vossa ansiedade, porque ele tem cuidado de vós. 1 Pedro 5:7.
Lembrando que estamos considerando que o Senhor Jesus após multiplicar os pães, compeliu os discípulos a embarcar e passar adiante Dele para o outro lado. Entretanto o barco já estava longe da praia, a muitos estádios, pois Jesus se retirou e foi orar sozinho. Na quarta vigília da noite, Jesus os encontrou andando por sobre o mar. Na quarta vigília da noite, foi Jesus ter com eles, andando por sobre o mar. Mateus 14:25.
De acordo com a guarda romana, havia quatro vigílias na noite, uma a cada três horas, desde o entardecer até o amanhecer. A primeira vigília era a do crepúsculo; a segunda, a da meia-noite; a terceira, a do canto do galo e a quarta, a da manhã. A quarta vigília era provavelmente entre três e seis horas da manhã. O versículo 25 diz que o Senhor veio até os discípulos, andando sobre o mar. Enquanto os discípulos eram afligidos pelas ondas, o Senhor caminhava sobre elas. Isso testifica que Ele é o Criador e o Governador do universo. Quem sozinho estende os céus e anda sobre os altos do mar. Jó 9:8.
Pensando que o Senhor fosse um fantasma, os discípulos gritaram, tomados de medo. O Rei celestial trouxe encorajamento aos discípulos com Sua presença. Quando eles O confundiram com um fantasma, um espectro, Ele os encorajou dizendo “Sou Eu”. Então o que fez Pedro? Se és tu, Senhor, manda-me ir ter contigo, por sobre as águas. Mateus 14:28b.
Somente Pedro era suficientemente ousado para fazer isso. Duvido que algum de nós teria sido tão ousado como Pedro. Foi um milagre que Pedro pudesse caminhar sobre as águas. Ele andou sobre as ondas pela fé. Fé é nosso agir sobre a palavra do Senhor. Ter fé não significa que somos capazes de fazer as coisas; nem significa que decidimos ir numa certa direção. Fé simplesmente significa que, embora possamos ser
muito fracos, ousamos agir baseados na palavra do Senhor. O Senhor disse a Pedro “Vem” e Pedro tomou aquela palavra, agiu com base nela, e andou sobre as ondas. Pedro desceu do barco e caminhou sobre as ondas pela fé na palavra do Senhor; no entanto, quando ele viu o vento forte, sua fé esvaeceu. Ele deveria caminhar somente pela fé na palavra do Senhor, não pela visão das circunstâncias. Visto que andamos por fé e não pelo que vemos. 2 Coríntios 5:7. Amém. 



Assista os nossos estudos no YOUTUBE:

LUZ E TREVAS

Pois, outrora, éreis trevas, porém, agora, sois luz no Senhor; andai como filhos da luz. Efésios 5:8.
Não há nenhuma recordação mais preciosa para o regenerado
do que o Nome incomparável do Senhor Jesus Cristo. Não pode haver tema mais envolvente nem assunto mais glorioso do que a Pessoa de Cristo. Quando falamos da Pessoa de Cristo, nos sentimos tão inadequados, pois nossas mentes são tão limitadas e nosso vocabulário tão carente. Sua glória é absolutamente transcendente, Sua vastidão incompreensível,
Sua grandeza insondável e Suas belezas indescritíveis. Salmos 45:2 Tu és o mais formoso dos filhos dos homens; nos teus lábios se extravasou a graça; por isso, Deus te abençoou para sempre.
Ele é o assunto de todas as Escrituras, a substância de todas as sombras e a história de todos os profetas. Suas glórias singulares, supremas e magistrais desferem raios eternos e imarcescíveis. Ficamos diante de um oceano, infinito em sua expansão, e ao considerá-lO não podemos senão dizer: “Sim, Ele é totalmente desejável”. Quão agradecidos devemos ser por ter um conhecimento pessoal Dele como Senhor e Salvador, e por podermos dizer, como está escrito em Cantares 5:16 O seu falar é muitíssimo doce; sim, ele é totalmente desejável. Tal é o meu amado, tal, o meu esposo, ó filhas de Jerusalém.
Que maravilha é que Ele nos tenha amado. Por isso é que devo dizer mais uma vez; descrever a beleza do ministério do Senhor é uma tarefa para a qual até mesmo a mente angélica seria inadequada. A maior bênção possível para todo nascido de novo, é ponderar profundamente naquela vida preciosa e ser assim transportado ao domínio da luz, para ali compartilhar, em parte, os pensamentos do Pai em relação ao Seu Filho. E eis uma voz dos céus, que dizia: Este é o meu Filho amado, em quem me comprazo. Mateus 3:17.
Ele desposa para Si mesmo, em misericórdia e em amável bondade, almas tão deformadas, imundas e totalmente sem valor como são as nossas. Não temos nenhuma beleza em nós mesmos, nenhuma bondade que nos faça desejáveis aos Seus olhos; todas as origens de Seu amor por nós estão em Seu próprio seio. Ele nos escolheu, não pelo o que nós éramos, mas para que Ele pudesse nos tornar amáveis. Ele veio a nós
quando nós estávamos em nosso sangue, e nos disse: “Vive”, e este foi o tempo do amor. Ele não espera nenhuma retribuição de nós, e ainda assim dá a Si mesmo, e tudo o que
Lhe pertence, para nós. Nossa pobreza não pode enriquecê-lO, mas Ele fez a si mesmo pobre para nos enriquecer.  Pois conheceis a graça de nosso Senhor Jesus Cristo, que, sendo rico, se fez pobre por amor de vós, para que, pela sua pobreza, vos tornásseis ricos. 2 Coríntios 8:9.
Nenhum marido ama a esposa de seu seio, como Cristo amou o Seu povo. Nenhum marido é assim um marido imortal e eterno como Cristo é; a morte separa todas as demais relações, mas a união da alma com Cristo não é dissolvida na sepultura. Certamente, o dia da morte de um cristão é o dia de seu casamento, o dia de seu mais pleno deleite em Cristo. Nenhum marido pode dizer para a sua esposa, o que Cristo diz para o regenerado: De maneira alguma te deixarei, nunca jamais te abandonarei: Hebreus 13:5b.
Nenhum casamento jamais foi consumado com tais procedimentos triunfais como será o casamento de Cristo e a Sua igreja no Céu. Nenhum noivo enriquece a sua noiva com tais honras pelo casamento, como Cristo o faz; Ele os torna aparentados a Deus, como seu Pai, e a partir daquele dia os poderosos e gloriosos anjos pensam não ser uma desonra serem seus servos. Os anjos admirarão a beleza e glória da esposa de Cristo. Então, veio um dos sete anjos que têm as sete taças cheias dos últimos sete flagelos e falou comigo, dizendo: Vem, mostrar-te-ei a noiva, a esposa do Cordeiro. Apocalipse 21:9.
O Espírito Santo Se alegrará em ver a conclusão e aperfeiçoamento do padrão de santificação o qual estava confiado em Suas mãos, ver que aquelas almas, as quais Ele uma vez encontrou como duras rochas, agora brilham como as resplandecentes pedras lavradas do templo espiritual. Os anjos se regozijarão: grande foi o júbilo quando o fundamento deste plano foi estabelecido, na encarnação de Cristo. Os próprios santos se alegrarão inefavelmente, quando eles entrarem no palácio do Rei, e estiverem para sempre com o Senhor, louvando-o perpetuamente. Salmos 84:4 Bem-aventurados os que habitam em tua casa; louvam-te perpetuamente.
Você deseja o Senhor? Então, eu imploro que vocês coloquem as suas almas neste desejável Jesus. Fora com este mundo vão e enganador, que não merece a milésima parte do amor que vocês o dão. Deixe tudo permanecer fora e dê preferência a Cristo. Queridos, se vocês apenas conhecessem o Seu valor e excelência, o que Ele é em Si mesmo, o que Ele fez por vocês, e merece de vocês, não precisariam de argumentos para persuadi-los a amá-lO! Agora, pois, ó Israel, que é que o SENHOR requer de ti? Não é que temas o SENHOR, teu Deus, e andes em todos os seus caminhos, e o ames, e sirvas ao SENHOR, teu Deus, de todo o teu coração e de toda a tua alma. Deuteronômio 10:12.
Que o Espírito Santo venha, pelo trabalho da cruz, torná-lo semelhante a Cristo. Certamente, é somente o Espírito de Cristo com vocês, e a beleza de Cristo sobre vocês, que pode tornar-lhes pessoas amáveis. Quanto mais vocês parecerem com Ele em santidade, mais vocês expressarão a verdadeira excelência e amabilidade; e quanto mais frequente e espiritual são as suas comunicações e comunhão com Cristo, mais da beleza e amabilidade de Cristo será impressa em seu espírito, transformando-o em Sua imagem, de glória em glória. E todos nós, com o rosto desvendado, contemplando, como por espelho, a glória do Senhor, somos transformados, de glória em glória, na sua própria imagem, como pelo Senhor, o Espírito. 2 Coríntios 3:18. Amém.



sexta-feira, 13 de abril de 2018

A PESSOA DO ESPÍRITO SANTO EM NÓS


Por isso, vos faço compreender que ninguém que fala pelo Espírito de Deus afirma: Anátema, Jesus! Por outro lado, ninguém pode dizer: Senhor Jesus!, senão pelo Espírito Santo. 1 Coríntios 12:3.
Quem estabelece o senhorio de Cristo na vida da igreja é o Espírito Santo. O Deus Espírito Santo é a única Pessoa capaz de estabelecer o senhorio de Cristo na vida, na experiência e nos movimentos da igreja. É por isso que Ele não pode ser apagado.  É por isso que Ele não pode ser entristecido. Se Ele é entristecido no sentido prático, então nada do senhorio de Cristo para nós. Se Ele está entristecido, Ele certamente não pode governar, não pode guiar, não pode liderar, não pode falar. Mesmo que fale não é ouvido. E se o bendito Espírito Santo estiver entristecido, Ele não vai nos dirigir. E quando Ele não nos dirigir, sabe o que faremos? Faremos movimentos confusos, independentes, particulares, devaneios intelectuais, devaneios de serviço. Essa será a nossa praga. Não o entristeçamos. E não entristeçais o Espírito de Deus, no qual fostes selados para o dia da redenção. Efésios 4:30.
Onde quer que você veja a exaltação do homem, isso não é obra do Espírito Santo. Você pode olhar para um movimento que se diz evangélico, e se há uma exploração e exaltação do homem, isso não é obra do Espírito Santo. Onde o Espírito Santo opera, Jesus Cristo é exaltado e tudo mais se desvanece. Muitos líderes “evangélicos” não faz outra coisa senão em entristecer o Espírito Santo usando palavras que Ele não disse, obras que Ele não fez, e experiências que Ele não gerou. Atribuindo ao Espírito Santo aquilo que não é obra do Espírito Santo. Experiências humanas intermináveis, experiências emocionais, experiências bizarras e experiências demoníacas são consideradas como provenientes do Espírito Santo. Eis que eu sou contra esses profetas, diz o SENHOR, que pregam a sua própria palavra e afirmam: Ele disse. Jeremias 23:31.
Estamos vendo hoje essas loucuras sobre visões, revelações, vozes do céu, mensagens do Espírito através de meios transcendentais, sonhos, falar em línguas desordenadas, profecias, experiências fora do corpo, viagens ao céu, unções, milagres, todas elas falsas, todas elas mentirosas, todas elas enganosas, falsamente atribuídas ao Espírito Santo. Mestres enganadores que buscam dinheiro, poder e influência. Você pode ligar a sua TV e ver qualquer um que você escolher.  Ora, o Espírito afirma expressamente que, nos últimos tempos, alguns apostatarão da fé, por obedecerem a espíritos enganadores e a ensinos de demônios, pela hipocrisia dos que falam mentiras e que têm cauterizada a própria consciência. 1 Timóteo 4:1-2.
O movimento carismático “roubou” o Espírito Santo e criou um bezerro de ouro (Êxodo 32:8). E eles estão dançando em torno do bezerro de ouro, como se ele fosse o Espírito Santo. É uma falsa forma do Espírito Santo.  Nós temos trocado o sobrenatural, o ministério do Espírito Santo, pelo pragmatismo. Esse era o pecado dos gálatas. Sois assim insensatos que, tendo começado no Espírito, estejais, agora, vos aperfeiçoando na carne? Gálatas 3:3.
Onde está o manso, onde está o humilde e o modesto? Onde o Espírito Santo está, Cristo será exaltado. Será Cristo, e será Cristo novamente quem recebe todo o louvor, toda a honra e toda a glória. O Espírito Santo é ofendido se Cristo não é exaltado. A Sua obra é apagada quando a carne é engrandecida. O apóstolo Paulo era um varão que não fazia outra coisa, senão exaltar a Cristo por meio do Espírito Santo. Filipenses 1:20. Segundo a minha ardente expectativa e esperança de que em nada serei envergonhado; antes, com toda a ousadia, como sempre, também agora, será Cristo engrandecido no meu corpo, quer pela vida, quer pela morte.
Quem é o Espírito Santo? Ele é totalmente Deus. Não é uma “coisa”. O Espírito Santo não é uma influência. O Espírito Santo não é um tipo de “energia” que emana de Deus. O Espírito Santo é DEUS! Um membro da Trindade. Uma Pessoa. A completa essência de Deus. Como uma personalidade e identidade própria. As Escrituras são claras sobre isso. Ele é igual em natureza e atributos, eu vou repetir isso: Ele é igual ao Pai e ao Filho em natureza e atributos. Ele não é menor em nenhum sentido. Ele é totalmente Deus da mesma forma que o Pai e o Filho o são. Ide, portanto, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo; ensinando-os a guardar todas as coisas que vos tenho ordenado. E eis que estou convosco todos os dias até à consumação do século. Mateus 28:19-20.
Muitas pessoas brincam com o Espírito Santo, isso é porque não viram o erro de perto. São coisas trágicas! Irmãos nós estamos no Espírito, pois já nascemos de novo. Para nós Cristo é uma esfera espiritual na qual habitamos. Pela graça de Deus, pela ação da Palavra e pela fé que foi gerada em nós por obra do Espírito Santo nós fomos unidos a Cristo. Além de estarmos em Cristo, nós estamos no Espírito, portanto, somos encorajados a andar no Espírito. Se vivemos no Espírito, andemos também no Espírito. Gálatas 5:25.
As Escrituras afirmam que Jesus pelo Espírito eterno se oferece sem mácula a Deus. O Espírito o guiou para o deserto para ser tentado pelo diabo. Ele encheu o homem Jesus não por medida, para que Jesus passasse por todas as experiências humanas. Ele habilitou Jesus para provação, para necessidade, para tribulação, privação, para dores, cansaço e fraquezas. Pelo Espírito Jesus foi para cruz, morreu, mas o Espírito o ressuscitou dentre os morto e também nos vivificará, pois Ele habita em nós. Se habita em vós o Espírito daquele que ressuscitou a Jesus dentre os mortos, esse mesmo que ressuscitou a Cristo Jesus dentre os mortos vivificará também o vosso corpo mortal, por meio do seu Espírito, que em vós habita. Romanos 8:11. Amém. 

Assista os nossos estudos no YOUTUBE: